Dia 10: Off por um dia

Hoje foi um dia off das notícias do mundo...

Ontem foi o último episódio da última temporada de #got.

Nunca assisti nenhum episódio. É o tipo de história que me atrai. Mas por algum acidente de percurso não assisti. E está tudo bem :)

Agora sentado para manter meu desafio diário de escrever algo por 100 dias seguidos ("#100days writing"), resolvo abrir um site de notícias pra ver se me inspiro. Percebo que nada avançou. E percebo que a lógica política está errada.

De previdência, nada andou. Políticos bringando para ver quem tem o ego mais inflado. A população às traças. Mais do mesmo.

Reforça a idéia de que devemos correr atrás do nosso. Sempre. O exercício de delegar a alguém nossa confiança de 4 em 4 anos para mudar algo nunca funcionou e nem vai funcionar. Tudo é muito grande e lento.

Quando converso com alguém sobre o assunto e confesso minhas inclinações políticas (nenhuma) comento sobre uma história curiosa: estava na 3a. série, era pelos idos de 1992, e em um exercício em sala acabamos lendo e discutindo um artigo sobre a "despoluição do rio Tietê" e o fato do estado de São Paulo estar recebendo verba internacional do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para fazermos o trabalho de despoluição do rio. Adivinha o que aconteceu?

Robert Kyosaki, autor do best seller Pai Rico, Pai Pobre sempre conta: "Quando você sabe que um político está mentindo? Quando está mexendo a boca."

A cada ano, isso parece mais próximo da realidade.


You'll only receive email when Marcílio Nascimento publishes a new post

More from Marcílio Nascimento