passando a limpo

calor, tarde, um dia qualquer
te lembra quando éramos jovens?

conversa franca, uma flor/uma planta que cresce e morre

meses, aniversários, mudanças e papéis pela janela
o carteiro talvez apareça

tu traz um anjo nos braços, como diz uma velha canção/azul profundo

poesia
ah, se eu tivesse como voltar

o que foi, o que é e o que será?


More from la radio en la rambla