Barco

A maior parte das relações são como dois barcos a navegar durante a noite. Para que sobrevivam é necessário curiosidade, empatia e confiança. Nesta viagem não podemos alimentar o ego, de outra forma seremos mergulhados numa espiral de ressentimento, até ao fundo do mar e de nós mesmos...


You'll only receive email when Pedro Nunes publishes a new post

More from Pedro Nunes