Inferno

O inferno espera todos aqueles que põem a dar música em locais onde outras pessoas não podem escapar. Aliás, há quem o faça mesmo tendo auscultadores disponíveis. Por isso derreter a tripa nas chamas ardentes é o mínimo que se pode fazer por estas almas.

Na maré de fogo também serão corados todos os que traem e com eles os que acham que isso passou de condenável a algo cool, símbolo de liberdade, macho-alfa, entre outros chavões. Para além do fogacho, um espeto luminoso pelo reto acima será colocado à disposição.

Se ainda houver quentinho serão deixados entrar todos os que ouvem mensagens de voz no telemóvel com outras pessoas por perto. Ninguém quer saber, e por isso, antes de serem queimados vão ficar à espera para serem dos últimos e dessa forma se deliciarem com a sinfonia de sofrimento alheio de quem já grita bem no fogareiro público.

Por fim, nas fagulhas saltitantes vão ainda todos os que mandam para baixo outras pessoas de forma a se sentirem melhor (mais para cima). Não há necessidade de rebaixar alguém apenas com o intuito de nos destacarmos, por isso, estes serão convidados a servir de chão para que sua santidade belzebu, chifrudo, maligno, malvado e príncipe das trevas satanás, possa caminhar e rejubilar com todo o espetáculo!


You'll only receive email when they publish something new.

More from Pedro Nunes